Arquivo da tag: eurotrip

Roteiro 12 dias de férias na Itália e França

Viajar pela Europa é um sonho, e se você tiver a oportunidade de alugar um carro e não perder nenhuma das vistas exuberantes de lá, melhor ainda. Esse é exatamente o roteiro que planejei para nossa viagem de carro pela Itália e França. Em vermelho as coisas que não fizemos por cansaço ou por causa do atraso do voo; e em azul as coisas que fizemos de última hora. Teria dado tempo para conhecer tudo, mas escolhemos os que mais nos agradavam pra não ficar tão cheio.

Os valores de combustível e pedágio são aproximados.

Sites úteis:

Site para calcular pedágio na França: https://fr.mappy.com

Site Estacionamento: https://www.parkme.com/

Dia 1- Guarulhos- Malpensa

Dia 2- Dardilly, dirigir 6 horas

Acomodação: Dardilly, R$ 510,00

Pedágio: €100

Combustível: €35

Distância: 450 km

Dia 3- Roteiro Lyon

  • Basílica Notre Dame
  • Metallic tower
  • Teatro Antigo
  • Saint-George
  • Saint-Jean
  • Saint-Paul
  • Mercado do bairro Croix Rousse
  • Le Mur des Canuts
  • Fonte Bartholdi
  • Praça do Terreaux
  • Palácio Saint-Pierre
  • Ópera Nacional de Lyon
  • Praça Bellecour

Dia 4- Roteiro Lyon

  • Parque Tetê
  • Fonte Bartholdi
  • Praça do Terreaux
  • Palácio Saint-Pierre
  • Ópera Nacional de Lyon
  • Place Bellecour

Se não, dirigir 4 horas até Ozoir-la-Ferrièrre quando acordar

Acomodação: Ozoir-la-Ferrière, R$ 535,00

Pedágio: 35 €

Combustível: 72 €

Distância: 447 km

Dia 5- Roteiro Paris

  • Trem até Paris
  • Louxor – Palais du Cinema
  • Basílica do Sagrado Coração
  • Moulin Rouge
  • Arco do Triunfo
  • Jardim do Trocadéro
  • Torre Eiffel
  • Carrossel da Torre Eiffel
  • Pont Alexandre III
  • Jardim e Palácio das Tulherias
  • Musée de l’Orangerie
  • Museu d’Orsay
  • Museu do Louvre
  • Palais Royal
  • Ópera Garnier
  • Galeria de arte 59 rivoli-
  • Pont des Arts
  • Catedral Notre Dame de Paris
  • Sainte-Chapelle
  • Trem até Ozoir-la-Ferrière

Acomodação: Ozoir-la-Ferrière

Dia 6- Roteiro Paris

  • Trem até Paris
  • Cemitério Père Lachaise
  • Mercado Les Enfants Rouges
  • Bairro Le Marais
  • Paradis Latim
  • Catedral Notre Dame de Paris
  • Panteão
  • Jardim de Luxemburgo
  • Catacumbas de Paris
  • Trem até Ozoir-la-Ferrière

Acomodação: Ozoir-la-Ferrière

Dia 7- Roteiro Versalhes

  • Estádio Parc des Princes (PSG)
  • Palácio de Versalhes
  • Jardins do Palácio

Dirigir 9 horas

Acomodação: Cannes, R$ 663,00

Pedágio: 76 €

Combustível: 152 €

Distância: 908 km

Dia 8- Roteiro Cannes

  • Praia de La Croisette
  • Palais des Festivals et des Congrès
  • Calçada da Fama francesa
  • Compras na Rue d’Antibes
  • Vieux Port
  • Le Suquet
  • Église Notre-dame d’Espérance
  • Museu de la Castre
  • Caminhar muito pela cidade

Acomodação: Cannes

Dia 9- Mônaco, dirigir 1 hora

Pedágio: 7 €

Combustível: 12 €

Distância: 55 km

Roteiro Mônaco

  • Palácio do Príncipe de Mônaco
  • Catedral Saint Nicholas
  • Museu Oceanográfico
  • Casino de Monte Carlo
  • Troca de guarda ao meio dia
  • Trem que fica em frente ao Museu Oceanográfico que faz um city tour e valeu muito a pena.
  • GP de Mônaco

Dirigir 4 horas

Acomodação: Gênova, R$ 862,00

Pedágio: 10 €

Combustível: 17 €

Distância: 200 km

Dia 10- Cinque Terre, dirigir 1 hora

Pedágio: 20 €

Combustível: 20 €

Distância: 100 km

Estacionamento:

  • Palaspezia

Preço: grátis.

Vantagens: ônibus grátis até o centro da cidade, 10 minutos a pé da estação ferroviária. Há sempre disponibilidade.

Endereço para o GPS: Via della Pianta, 114, La Spezia.

  • Piazzale d’Armi

Preço: grátis (mas no verão é difícil encontrar disponibilidade).

Vantagens: ônibus gratuito até o porto, partindo do estacionamento a pé é possível chegar até a estação em 10 minutos.

Endereço para o GPS: Via XV Giugno, 637, La Spezia.

  • Estação ferroviária

Preço: 1,20€/hr (0,50€/hr de noite), aberto 24hrs.

Vantagens: situado embaixo da estação ferroviária.

Endereço para o GPS: Via Fiume, 143, La Spezia.

  • Monterosso
  • Vernazza
  • Corniglia
  • Manarola
  • Riomaggiore

Ticket: 1 dia Cinque Terre Train Card 13 €, com wi-fi e acesso aos banheiros.

Acomodação: Gênova

Dia 11- Roteiro Gênova

Estacionamento: Piccapietra- Largo Delle Fucine, 9 (350 m da Casa de Cristóvão Colombo)

  • Compras em Gênova
  • Casa De Cristóvão Colombo
  • Porta Soprana
  • Piazza Di Ferrari
  • Pallazzo Ducale
  • Catedral De São Lourenço
  • Strade Nuove
  • Doria-Tursi, Palazzo Bianco e Palazzo Rosso
  • Belvedere Castelletto
  • Museo Palazzo Reale
  • Aquário
  • Porto Antigo
  • Farol
  • Estádio Luigi Ferraris- 7,3 km

Acomodação: Gênova

Dia 12- Aeroporto, dirigir 3 horas

  • Compras em Milão

Malpensa- Guarulhos

Pedágio: 35 €

Combustível: 17 €

Distância: 195 km

Esse foi um roteiro que se encaixaria perfeitamente nos dias que ficamos lá, mas para uma pessoa com mais disposição que nós e que não tenha o voo atrasado. Nós gastamos em média R$ 6.500 cada um, contando pelo menos R$ 1.200 em compras cada. Claro que economizamos muito pelo fato de ter comprado as passagens numa super promoção de R$ 1.100 ida/volta. Lembrando que nesses valores fizemos tudo por conta, nos hospedamos em Airbnb, não entramos nos museus (não gostamos), e a maioria dos dias cozinhamos ao invés de ir em restaurantes. Eu gosto de experimentar a culinária local, mas sou muito cautelosa com o que como. Na outra viagem passei muito mal, tive uma infecção tão séria que me deu até febre. Porém mesmo que cozinhamos eu passei mal e minha irmã também.

Se você quer mais dicas acompanhe nossos posts, se surgir alguma dúvida pode nos pedir nas redes sociais ou pelo contato do site.

Gostou? Nos siga nas redes sociais.

 


Vai viajar? Então compre pelos nossos links para ajudar mantermos o site no ar:

Hospedagem: Se você curte hotéis pode reservar pelo Decolar ou Submarino Viagens, ou você pode acessar nosso site preferido para alugar casas e apartamentos, o Airbnb e ainda ganhar R$ 130 de desconto na primeira hospedagem.

Passagens Aéreas: acesse o DecolarViajanet ou Almundo e compare as companhias. Também pode acessar o site da Latam e comprar direto na companhia.

Aluguel de veículos: compare os valores na Rentacar com frotas no mundo inteiro ou alugue no Brasil direto na Unidas.

Chip de internet internacional: hoje não da mais para ficar sem internet, então acesse o link da EasySim4U e garanta o seu, com planos em mais de 210 países.

Seguro viagem: não viaje sem o seguro, lembrando que na Europa é obrigatório. Acessa o link da Mondial e garanta os melhores preços.

Loja de artigos para viagens: itens essenciais para sua viagem você encontra na Loja Dá Para Viajar? , use o cupom VIAJANDOSEMDESTINO lá no site e ganhe 10% de desconto.

Passeios: para viajar com tudo organizado e sem deixar nada para última hora, compre os passeios no site GetYourGuide.

Dicas para organizar sua Eurotrip por conta própria e economizar

Todo mundo sempre nos pergunta como conseguimos realizar tantas viagens e com preços ótimos no último ano. Como o intuito desse blog é ajudar todos que tem o desejo de viajar, neste post vou dar algumas dicas de como organizar uma viagem para Europa por conta própria, gastando pouco e sem se complicar.

Como manter o orçamento baixo?

1- A dica de ouro, que mantem o orçamento lá embaixo, é comprar as PASSAGENS AÉREAS na promoção. Nós temos vários aplicativos baixados nos nossos Smartphone e eles avisam toda vez que tem uma promoção, alguns apps que usamos são: Viajanet, Decolar, Latam ou outra companhia aérea. Eu sei que é complicado pra quem não é autônomo e tem que programar as férias, mas crie um alerta no site com as datas que seriam boas para você e eles avisam. Outra forma de economizar nas passagens é buscando as que saem de São Paulo ou Rio de Janeiro, que é de onde decolam a maioria dos voos internacionais, então fica muito mais em conta.

2- HOSPEDAGEM, importantíssima para manter o baixo custo. Geralmente se hospedar em cidades próximas às cidades mais famosas diminui muito o custo. Por exemplo: para visitar Paris, se nos hospedássemos em Paris uma hospedagem do nosso gosto iria custar no minimo R$ 1.700, porém pesquisamos em uma cidade que ficava a 40 km de lá. Somando o custo da hospedagem e as passagens de trem necessárias para chegar até Paris gastamos aproximadamente R$ 800, ou seja, menos de a metade do que se tivéssemos ficado em Paris. Tudo isso tem que ser analisado, custo de deslocamento (se estiver de carro lembra de somar estacionamento, que é raro na Europa) e custo da hospedagem.

Link de R$ 130 de desconto para a primeira reserva.

3- Compre PASSAGENS DE TREM OU ÔNIBUS antecipadas, assim você pode programar as saídas mais baratas no seu roteiro.

4- Se for LOCAR CARRO pesquise muito bem sobre todas as taxas incluídas na locadora, pois muitas vezes você loca o carro pelo site e paga uma bagatela, mas eles cobram taxas exorbitantes quando você chagar lá. Alugue carro aqui.

5- Prefira locar apartamentos ou casas que incluíam ESPAÇO PARA COZINHAR e de uma passada nos supermercados MARAVILHOSOS, com muita variedade e qualidade que encontramos lá. Além de economizar muito, você vai se divertir comprando nos mercados (pelo menos eu me divirto kkkkkk). Claro, não deixe de aproveitar muito a culinária local! Intercale, uma refeição em restaurante, uma refeição em casa, as comidas são bem diferentes lá, então de qualquer maneira você estará aproveitando as coisas novas da mesma maneira. Se você não gosta de cozinhar, tudo bem, eles tem muitas opções de pratos prontos no supermercado. na nossa última viagem comemos uma massa na Itália que vinha pronta e dentro de um saco plástico, garanto pra vocês que era melhor do que muitos restaurantes!

6- De um país para o outro de uma olhadinha nas COMPANHIAS LOW COST, elas ofertam voos muito em conta e às vezes com custo menor do que trem ou ônibus.

7- Não queira pagar para conhecer todas as ATRAÇÕES, selecione as que mais te interessam e compre ingressos antecipados. Não que os ingressos sejam mais baratos algumas vezes, mas eles economizam muito tempo. Escolher opções com audioguia deixa tudo muito mais barato e a maioria é ofertada em Português de Portugal.

Comprar ingressos antecipados aqui.

8- Pegue uma carona! Leia o relato sobre a nossa carona na Alemanha. Além da experiência, economizamos € 60 do que se tivéssemos ido de ônibus.

O que não pode faltar?

1- Clique para saber O que é necessário para entrar em países da União Européia.

2- CHIP DE INTERNET, de preferência já saia do país com ele. Compre chip para viagens em mais de 210 países aqui.

3- ORGANIZAÇÃO, isso não pode faltar mesmo! Tanto no planejamento, como na documentação durante a viagem.

4- UM ROTEIRO, esse é o mais importante. Na nossa primeira Eurotrip fizemos tudo conforme dava vontade, além de muitas coisas terem dado errado, a viagem não foi tão proveitosa. Na segunda viagem organizamos tudo em documentos e aproveitamos muitoooo. Se você quiser me pedir, posso enviar para você por e-mail o meu modelo, é só pedir.

5- POUCA BAGAGEM, não exagere no número de malas que depois você vai se arrepender. É muito ruim ficar se deslocando se o número de malas é grande. E lembre-se de checar a estação do ano que é lá e a temperatura média para não errar na escolha das roupas.

6- ADAPTADOR DE TOMADAS, esse foi o item que me salvou para poder usar meu notebook e minha escova modeladora. Use o vale de 10% de desconto “viajandosemdestino” e compre ele aqui.

7- BALANÇA DE MÃO para bagagens! Na última viagem exageramos nas compras e o que nos salvou dos excessos foi essa maravilha. Use o vale de 10% de desconto “viajandosemdestino” e compre ela aqui.

8- Se vai alugar carro, não pode faltar a PID. Como adquirir a Permissão Internacional para Dirigir.

9- CARTÃO DE CRÉDITO! Isso mesmo, não viaje para Europa sem um. Muitos lugares apenas aceitam cartão e alguns aceitam apenas Visa, o que aconteceu na locação de um carro que pegamos. Tínhamos apenas Master e eles só aceitavam Visa.

10- O principal: MUITO ESPAÇO para fotos no cartão de memória e APROVEITAR muito cada momento!

Gostou? Então se inscreve no nosso canal e acompanhe os vídeos também!

Campanha Voe mais Barato – Vôos a partir de R$162!
Aproveite! É por poucos dias.

 

Eurotrip- Visitar vários países em uma única viagem, vale a pena?

Seguro de viagem obrigatório na Europa:

Vale e não vale, tudo depende do tempo que você vai ficar e das cidades que pretende passar. Todo mundo sabe que se locomover na Europa é muito fácil e prático, mas o transporte toma tempo. Na minha opinião você tem que reservar pelo menos 2 noites em cada hospedagem pra ficar mais relaxado e não ter que sair todo dia de uma e ir para a outra, todos sabemos o quanto isso é cansativo. E também encarar várias horas de trem, ônibus, carro ou avião não é legal, te deixa cansado para turistar, então a dica é conhecer lugares próximos um do outro.

Na nossa primeira Eurotrip no ano passado nós visitamos 4 países em 16 dias, ficamos hospedados em 8 lugares diferentes e fizemos muitos quilômetros. Foi uma viagem legal, porque tudo era novo pra nós, mas eu não repetiria. Nosso roteiro foi Portugal, Itália, Suíça e Alemanha. Foi tudo muito corrido, a viagem foi assim:

  • 3 noites em Porto em Portugal
  • Avião de Porto até Milão na Itália
  • Locamos um carro em Milão
  • 1 noite em Milão
  • Conhecemos Verona
  • 1 noite em Piove di Sacco
  • Conhecemos Veneza
  • 1 noite em Florença
  • Conhecemos Orte e o Vaticano
  • 1 noites em Roma
  • Conhecemos Roma
  • 1 noite em Pisa
  • Conhecemos Pisa
  • Pegamos um trem em Milão até Interlaken na Suiça
  • 1 noite em Interlaken
  • Conhecemos somente os lagos da cidade
  • Fomos de trem de Interlaken até Berna e de lá pegamos um ônibus até Frankfurt na Alemanha
  • De Frankfurt fomos de trem até Stuttgart
  • 1 noite em Stuttgart
  • De lá fomos de carona até Munique
  • 2 noites em Munique
  • Conhecemos Dachau
  • 1 dia ficamos muito doentes por causa da comida
  • Retornamos de ônibus para Frankfurt e voltamos para Porto para pegar o avião.

Uffa! Cansei até de escrever, imagina fazer! O problema foi que escolhemos muitos países e conhecemos tudo na correria.

Na nossa segunda Eurotrip em 2019, nós escolhemos 2 países próximos e decidimos fazer tudo de carro, pegamos 4 hospedagens em 10 dias e foi muito bom. Tivemos tempo de conhecer tudo que queríamos e ficar mais relaxados. Foi assim:

  • Locamos um carro em Milão na Itália e dirigimos até Lyon na França
  • 2 noites em Lyon
  • Dirigimos até Ozoir-la-Ferrière
  • 3 noites em Ozoir-la-Ferrière
  • Conhecemos Paris e Versalhes
  • Dirigimos até Cannes
  • 2 noites em Cannes
  • Conhecemos Cannes e Mônaco
  • Dirigimos até Bogliasco
  • 3 noites em Bogliasco
  • Conhecemos Cinqueterre e fizemos compras em Gênova
  • Dirigimos até Milão fazer compras e voltamos pro Brasil de lá

Foi muito bom, tranquilo e muito proveitoso. Foram duas experiências incríveis, mas a segunda foi menos conturbada. Então na minha opinião é interessante montar um roteiro em que você possa aproveitar bem os lugares e não perder muito tempo com transporte. Comece com o tempo da viagem e monte um cronograma pra ir encaixando os lugares essenciais.

Se precisar de ajuda para montar o roteiro fale conosco que podemos dar dicas.

contato@viajandosemdestino.com

Não viaje sem chip de internet: